Refúgios na Póvoa de Lanhoso

Póvoa de Lanhoso está inserida em pleno coração do Minho, fica enquadrada pelas serras de S. Mamede e Carvalho e pela margem do rio Cávado e do rio Ave.

logo Póvoa de Lanhoso

É detentora de inúmeras maravilhas que realçam as suas belezas naturais e de inúmeros vestígios, que comprovam a existência, nesta localidade de várias civilizações antigas, desde o povo celta até ao povo romano.

Possuidora de imensos edifícios que exibem uma arquitetura românica e gótica, possuidora de paisagens e percursos pedestres magníficos, Póvoa de Lanhoso permite a quem a visita recordar um pouco da história de Portugal, ao mesmo tempo que aprofunda os seus conhecimentos a nível cultural, religioso e de questões relacionadas com a natureza.

O que visitar?

Numa visita a Póvoa de Lanhoso é de destacar alguns monumentos de visita imperdível como o Castelo de Lanhoso, localizado no alto do Monte do Pilar, é um dos maiores símbolos, desta pequena vila do distrito de Braga.

Monte do Pilar – PÓVOA DE LANHOSO

O museu do Castelo de Lanhoso assim como o Museu do ouro são outra das realidades que vale a pena conhecer. O Castro de Lanhoso é um povoado com vestígios da ocupação humana da época do bronze até à romanização.

O edifício do Hospital António Lopes, construído no início do Séc. XX, onde sobressaem as pinturas do teto, e o revestimento das paredes interiores com painéis de azulejo alusivos ao quotidiano Povoense, e o Theatro-club de estilo neoclássico tardio, com o seu teto pintado com quadros sobre a arte de representar.

O Santuário de Nossa Senhora do Pilar, construído com pedra das muralhas do Castelo e que contém uma Via Sacra organizada em cinco capelas com esculturas em madeira.

O Santuário de Nossa Senhora Do Porto de Ave, de estilo barroco, contém uma igreja.

Uma Via Sacra com capelas que retratam a Vida da Virgem Maria e o Museu de Arte Sacra.

Póvoa de Lanhoso, contém três Praias Fluviais, a de Oliveira, da Rola e de Verim, em que a última das quais tem bandeira de acessibilidade para todos.

O que comer?

Póvoa da Lanhoso, conservou alguns dos pratos mais típicos, que ainda hoje mantêm viva a tradição na maioria dos restaurantes locais. Entre os mais conhecidos salientam-se o “Cabrito à S. José”, o “Bacalhau assado na brasa com batatas a murro” e os “Bifes à Romaria”.

Claro que para acompanhar estes belíssimos pratos, não podemos descorar o potencial do vinho verde branco e tinto, cultivados de forma tradicional, conferem-lhe um aroma e um sabor muito especial.

Entre os vários doces típicos regionais, contam-se o pão-de-ló, as cavacas, os charutos e as rosquilhas.

Onde dormir?

Em Póvoa de Lanhoso, pode ficar alojado num hotel, numa pousada ou numa casa da cultura. Todos eles detentores de excelentes condições de alojamento, que lhe permitem umas férias fantásticas.

Seguem abaixo, algumas sugestões para o alojamento nos seus dias de férias.

O hotel rural Maria da Fonte, o hotel rural Vila Joaquina, a Casa de Alfena, a Casa do Bobeiro, a Casa da Capela, a Casa do Casal de S. João, a Casa das Eiras, a Casa Moinho da Porta, a Casa Oceane, a Casa do Outeiro, a Casa de Requeixo, a Casa de S. Vicente, a Quinta de Caldeses e a Quinta da Lagarta, são algumas das melhores opções.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.